Analista de Sistemas Pleno

583

O analista de sistemas pleno atua na área de pesquisa relacionada ao setor de computação, com o intuito de encontrar meios para que os dados virtuais sejam processados da melhor maneira possível.

O termo pleno indica em qual nível se encontra esse profissional. No caso, intermediário.

Essa informação revela que ele não é amador como o analista júnior. Tem certa experiência no ramo, mas ainda não alcançou o apogeu da profissão que seria um analista sênior.

Este especialista estuda tanto a parte interna (software) do computador quanto à externa (hardware).

Formação necessária para um Analista de Sistemas Pleno

Tabela Salarial Analista de Sistemas PlenoÉ preciso cursar uma faculdade em qualquer campo ligado à tecnologia da informação. Geralmente, os cursos duram cerca de quatro anos. Ciência da computação, sistemas da informação dentre outros dessa área.

Ter um bom domínio de inglês, pois muitos programas não apresentam versões em português.

Atividades exercidas

  • Análise e programação em rede;
  • Invenção de novos itens que beneficiam a computação;
  • Supervisão do tráfego de informações geradas em rede;
  • Apoio ao setor tecnológico e seus componentes

Mercado de trabalho

É uma profissão muito requisitada em qualquer setor do mercado de trabalho. Diversas organizações necessitam de um profissional desse nível .

Os países com uma área tecnológica mais expandida valorizam muito o empenho e o trabalho desses mestres da arte denominada tecnologia.

O Japão, por exemplo, é um lugar ideal para quem pretende se especializar e encarar novos desafios nesse ramo de trabalho. A concorrência também é maior, mas em compensação o aprendizado e o lado financeiro estão em grande escala.

Empresas públicas e/ou particulares. Grandes corporações, universidades, indústrias visam a contratação desse especialista.

A média salarial de um analista de sistemas pleno gira em torno de R$7.000,00, mas o salário mínimo pago pelas empresas gira em torno de R$3.900,00.

Habilidades requeridas do Analista de Sistemas Pleno

  • Raciocínio lógico;
  • Concentração;
  • Facilidade em compreender o inglês;
  • Agilidade;
  • Capacitação em cursos tecnológicos;
  • Capacidade de solucionar problemas;
  • Criatividade e empenho;
  • Espírito de equipe

Comente esse artigo usando o Facebook

Comentários

Ou comente pelo formulário do site

FAÇA UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome