Tabela Salarial 2017 Cargos e Salários da Construção Civil

Tabela de salários com os principais cargos da construção civil no Brasil com piso salarial, média salarial e salário máximo de cada cargo.

Tabela salarial 2017 da Construção Civil com todas as profissões e seus respectivos pisos salariais, salários pagos em média e os maiores salários pagos aos profissionais de cada cargo pesquisado.

Como vocês podem verificar na tabela salarial, poucos cargos obtiveram ganhos percentuais nessa relação com relação à tabela salarial anterior, isso se deve e muito devido a crise econômica e estagnação da economia que fez com que só no ano de 2016 mais de 2,5 milhões de profissionais tenham sido demitidos, portanto o que se verifica é mesmo salários estagnados em todas as capitais do Brasil onde essa pesquisa salarial foi feita.

Tabela salarial construção civil 2017

Caso você tenha dificuldades para encontrar a sua profissão devido aos apelidos que algumas ocupações possam ter, faça uso da Busca Salarial e encontre precisamente o salário da sua profissão na região onde você reside.

Utilize também nossa Busca Salarial e veja o salário da sua profissão

Ferramenta de busca salários das profissões

Todos os valores dos salários contidos nessa tabela é resultado de levantamentos estatísticos junto aos departamentos de recursos humanos de diversas empresas de pequeno, médio e grande porte das capitais e regiões metropolitanas dos estados brasileiros, confira abaixo a relação:

Locais de pesquisa para essa tabela salarial da construção civil 2017

  • Rio Branco – Acre (AC)
  • Maceió – Alagoas (AL)
  • Macapá – Amapá (AP)
  • Manaus – Amazonas (AM)
  • Salvador, Vitória da Conquista, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna – Bahia (BA)
  • Fortaleza – Ceará (CE)
  • Distrito Federal (DF)
  • Vitória, Serra, Colatina – Espírito Santo (ES)
  • Goiânia – Goiás (GO)
  • São Luís – Maranhão (MA)
  • Cuiabá – Mato Grosso (MT)
  • Campo Grande – Mato Grosso do Sul (MS)
  • Belo Horizonte, Uberaba, Uberlândia, Contagem, Teófilo Otoni – Minas Gerais (MG)
  • Belém – Pará (PA)
  • João Pessoa – Paraíba (PB)
  • Curitiba, Londrina, Campo Mourão – Paraná (PR)
  • Recife, Olinda – Pernambuco (PE)
  • Teresina – Piauí (PI)
  • Rio de Janeiro, Niterói, Baixada Fluminense, Teresópolis, Volta Redonda, Três Rios – Rio de Janeiro (RJ)
  • Natal – Rio Grande do Norte (RN)
  • Porto Alegre, Caxias do Sul – Rio Grande do Sul (RS)
  • Porto Velho – Rondônia (RO)
  • Boa Vista – Roraima (RR)
  • Florianópolis, Blumenau, Joinville, Chapecó – Santa Catarina (SC)
  • Guarulhos, ABC e Mauá, Itaquaquecetuba, Osasco, Jundiaí, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Rio Preto, Bauru, Marília, Araçatuba, Sorocaba, Itu, Limeira – São Paulo (SP)
  • Aracaju – Sergipe (SE)
  • Palmas – Tocantins (TO)

Desse levantamento são extraídos os valores e calculados o piso salarial, o salário médio e o teto salarial de cada profissão em cada estado e região.
Confira abaixo a tabela salarial 2017 da Construção Civil completa:




Tabela Salarial 2017 da Construção Civil

Profissão Piso Salarial Teto Salarial Média Salarial
Administrativo de obras 3.039,00 6.639,10 4.784,90
Advogado pleno 5.580,70 6.927,00 6.042,80
Ajudante geral 1.145,10 1.458,60 1.171,20
Almoxarife 1.412,40 3.436,40 2.037,10
Analista contábil 2.747,70 7.293,20 4.682,30
Analista de recursos humanos 2.683,90 5.365,40 3.851,30
Analista de sistemas júnior 2.362,70 3.351,20 2.708,10
Analista financeiro 1.936,10 4.114,70 3.253,90
Apontador de produção 1.394,80 1.537,30 1.417,90
Armador 1.394,80 5.044,50 1.495,60
Arquiteto 4.515,40 13.082,50 6.776,40
Assistente administrativo 1.456,70 6.553,70 3.346,30
Assistente comercial 1.968,40 5.060,20 2.885,20
Assistente de contabilidade 1.620,50 3.281,50 2.203,30
Assistente de pessoal 2.367,10 4.438,90 2.883,50
Assistente financeiro 1.968,40 8.181,20 3.259,20
Auxiliar administrativo 1.393,00 2.895,40 1.637,10
Auxiliar de escritório 1.276,40 1.662,80 1.377,30
Auxiliar de logística e suprimentos 1.393,00 1.414,80 1.408,40
Carpinteiro 1.393,00 2.433,60 1.425,90
Chefe de contabilidade geral 4.565,80 14.219,30 8.948,80
Chefe de logística e suprimentos 3.647,60 6.582,10 4.741,10
Chefe de pessoal 5.151,20 9.148,10 7.119,10
Comprador júnior 2.345,30 3.868,30 2.943,90
Comprador pleno 3.579,80 7.802,70 5.894,50
Comprador sênior 4.972,50 10.838,20 8.229,40
Coordenador obras 5.399,10 17.605,00 10.246,90
Copeiro 1.276,40 2.543,00 1.486,90
Desenhista projetista 2.195,90 5.157,50 3.357,50
Eletricista manut. oficial 1.393,00 4.226,30 1.855,50
Encarregado de carpintaria 2.163,20 3.150,40 2.615,50
Encarregado de manutenção mecânica 2.622,00 5.256,10 3.461,50
Encarregado de obras 1.856,80 9.014,90 5.011,30
Encarregado de transporte 2.844,60 4.888,40 3.496,10
Encarregado de turno 2.041,60 2.545,40 2.371,70
Engenheiro civil júnior 3.863,80 6.972,50 5.370,00
Engenheiro civil pleno 5.264,10 13.654,80 7.063,70
Engenheiro civil sênior 9.799,30 16.589,40 13.016,50
Engenheiro de segurança do trabalho 5.723,60 13.774,60 8.668,50
Faxineiro 1.261,90 1.294,20 1.280,60
Gerente administrativo 3.751,00 6.924,50 4.756,00
Gerente de controladoria 8.662,40 16.661,30 12.338,80
Gerente de logística e suprimentos 7.219,30 11.437,10 9.694,30
Gerente de recursos humanos 7.535,30 16.661,30 11.843,50
Mecânico de manutenção meio oficial 1.394,80 1.679,40 1.500,90
Mecânico de manutenção oficial 1.872,20 3.843,40 2.115,60
Mestre de obras 2.995,30 11.275,50 6.284,20
Montador 1.394,80 2.995,30 1.565,70
Motorista caminhão e carro leve 1.393,00 2.490,40 1.551,90
Motorista de caminhão e carreta 1.462,20 2.597,70 1.859,50
Operador de equipamento movimentação 1.311,50 3.308,20 1.643,20
Operador de máquinas de produção 1.499,90 4.288,20 2.165,00
Pedreiro construção 1.393,00 1.850,70 1.449,50
Pintor manutenção 1.394,80 1.458,60 1.401,20
Recepcionista 1.294,20 2.183,60 1.605,90
Secretária diretoria bilíngue 4.069,10 7.791,90 5.476,90
Secretária diretoria português 2.853,00 5.534,10 4.751,70
Secretária júnior 1.756,60 3.672,00 2.796,60
Servente de obras 1.145,10 1.462,20 1.202,60
Soldador 1.462,20 3.907,40 2.133,10
Técnico em edificações 2.962,50 5.322,70 4.710,30
Técnico em segurança do trabalho 2.808,80 6.759,10 4.106,80
Topógrafo 3.457,80 4.999,70 3.976,00
Vigia 1.393,00 1.470,50 1.450,50

 

Tabela salarial 2017 da construção civil com cargos e salários da categoria pagos em Reais de 01 de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2017 salvo casos de convenções coletivas / dissídios das profissões.

Jornada mensal: (*) 120h / (**) 150h / (***) 180h / (demais cargos) 220h

Tabela salarial elaborada com dados de departamentos de recursos humanos de várias regiões do Brasil.

Você pode copiar e divulgar essa tabela salarial a vontade desde que citada a fonte.

 

Se você tiver quaisquer dúvidas sobre os valores dessa tabela salarial, por favor deixe um comentário logo abaixo que teremos muito prazer em ajudar.

Comente esse artigo usando o Facebook

Comentários

Ou comente pelo formulário do site

32 COMENTÁRIOS

  1. Olá bom dia !
    Gostaria de uma informação de qual o valor do piso para Administrativo de Obras para Região de Araçatuba-Sp, e porque na convenção coletiva não consta essa função no Sindicato que representa a região.

  2. Bom dia! gostaria de saber como se chegou a o piso de Engenheiro, tendo em vista que o Piso representa 8,5 salários mínimos, não coerente ao apresentado acima.

    • O piso salarial informado seria para jornada de trabalho reduzida. Fonte: De acordo com a Lei 4.950-A, há duas faixas mínimas de base salariais para os profissionais de Engenharia, de Química, de Arquitetura e de Agronomia:

      1ª) diplomados em curso universitário há 04 anos ou mais: 6 vezes o maior salário-mínimo vigente para jornada de 06 horas.

  3. Boa noite gostaria de saber por que a folha de reajuste salarial de 2016 ainda não se encontram nos sindicatos de trabalhadores da construção civil da baixada como Nova Iguaçu Itaguai se o reajuste foi feito deis do dia primeiro de maio obrigado.

  4. ha dois anos venho trabalhando como pedreiro e minha carteira ta assinada como monitor, agora vão mudar pra pedreiro, quanto esta o salario de pedreiro, envie pelo meu e mail,ou no meu facebook por favor. OK.

  5. Muito bom ter essas informações. Mas gostaria de saber o piso salarial de um técnico de segurança do trabalho no estado de Alagoas, pois quando entrei no emprego atual, fiquei sabendo que o piso salarial de um técnico è: R$ 1.234,00, em 2014 e até hoje continuo com o mesmo salário.
    Gostaria muito de ter uma informação concreta e qual a forma segura onde apresenta o piso real do salário desse profissional, para que eu posso reivindicar meus direitos. Técnico da construção civil.

  6. eu trabalho de ajudante na area da contrução civil,e ganho por mes 885,50 está correto este salario?.Porque segundo o dono diz que segue segundo o sindicato.E moro no novo gama e pra mim chegar ao serviço levo 1;30 tanto pra ir como pra voltar,teria eu algum direito de oras extra?

  7. GOSTARIA DE SABER O PISO SALARIAL DAS PROFIÇÕES ABAIXO:
    ELETROTÉCNICO
    ELETRICISTA PREDIAL
    CARPINTEIRO
    MARCENEIRO
    BOMBEIRO ENCANADOR
    VIDRACEIRO
    PEDREIRO
    SERRALHEIRO
    PINTOR
    AJUDANTE

    • se houve dissídio na sua categoria no seu sindicato e sua empresa paga menos do que o piso salarial desse dissídio estará sim errado Aquiles. Procure seu sindicato.

Responda esse comentário